sexta-feira, 15 de julho de 2011

digo que vou e não apareço.
falo que ligo em seguida, mas nunca mais retorno.
afirmo que tô com saudades, mas não dá para almoçar.
reclamo que tenho sempre coisa para fazer, mas começo coisas novas.
juro que vou chegar no horário, mas estou 40 minutos atrasada.

Olhos, boca e coração só voltados para um único lugar, sem conseguir desviar.
hoje, estou de mal de mim.

4 comentários:

reflexão disse...

Nem sempre estamos bem. Mas o bem que existe em nós é o que deve-se colocar para fora. é o que deve aflorar! Mas nem sempre é fácil!

Gaby. disse...

Eu vivo mal de mim, de vento em tempo.
(estou a te seguir, adorei seu blog).
;)

Mrs. Sofie Angus disse...

Olá,


Revi-me muito nas tuas palavras... nem sempre somos o queremos e nem sempre a vida é o que esperamos... Mas! Tudo melhora com o tempo!

:)

Paula Peleja disse...

Gostei muito do seu blog, é bem parecido com o que eu faço no meu...

Tem dia que nós estamos assim! mas tente tirar o proveito de cada minuto pra você conseguir se sentir viva!!